2. Investimentos sem riscos: é possível?

Navegue pelo conteúdo:

Está precisando
de ajuda na hora
de investir?

Temos especialistas prontos para ajudar você!

Últimas no:

Investimentos sem riscos: é possível?

No artigo anterior, tracei um paralelo entre a anamnese e a estrutura que norteia o nosso racional de investimentos. Agora, quero falar-lhes sobre termos, conceitos e suas inter-relações muito usuais no mercado financeiro e que são PRIMORDIAIS para que possamos avaliar as opções/sugestões de investimentos: RISCO, RETORNO e PERFIL DE INVESTIDOR.

Um primeiro aspecto que precisa ficar claro é uma máxima, uma frase frequentemente usada em inglês: “There ain’t no such thing as free lunch”, que traduzindo quer dzer ‘não existe almoço de graça’. Ou seja, é impossível conseguir algo sem dar nada em troca. Mas, como isso nos afeta?  

Primeiro, todo resultado financeiro advém de uma escolha. Tal qual um remédio prescrito, cada formulação tem resultados esperados e bem como tem mapeadas as reações adversas. Na mesma linha de raciocínio, como não existe nenhum fármaco que assegure 100% de cura e eficácia em todos os quadros, não existe um investimento sem risco, que deixará a todos nós ricos em um piscar de olhos! Afirmar a inexistência de risco ou, mais preocupante ainda, a certeza irrestrita de ganho, é no mínimo ignorar a estatística. Desconfiem destas falácias!

Entretanto, todos os dias corremos riscos, mas somente tememos aqueles para os quais não estamos preparados ou os que não temos conhecimento. Como um mesmo medicamento pode agir com a mesma eficácia em crianças e adultos, homens e mulheres? Como conseguimos traçar a dose mínima para obter efeito e não ultrapassar a dose máxima evitando reações adversas? Porque para cada paciente existe uma dose a ser prescrita, cujo cálculo é feito de forma individualizada. A diferença entre o remédio e o veneno está na dosagem.

Analogia semelhante deve ser aplicada aos seus recursos. No mercado financeiro existem, por exemplo: os riscos de crédito (receber ou não), de mercado (render menos que o esperado) e liquidez (facilidade de entrar ou sair da posição). O seu retorno (rentabilidade/ganho potencial) é condicionado pelos riscos que serão assumidos. É de se esperar que um cliente com abaixa tolerância a risco tenha retornos mais previsíveis, enquanto clientes mais agressivos obtenham ou tenham a possibilidade de auferir maiores retornos no longo prazo. Não existe o certo e o errado, e sim o que funciona! Para cada pessoa, para cada família, cada empresa! Dosar estas expectativas e as particularidades de cada um consiste em traçar o suitability, ou o perfil do investidor.

A relação médico-paciente é essencial para a boa prática da Medicina. A empatia e a confiabilidade são significativas para adesão ao tratamento. O caminho nem sempre é linear, não nos é dado controlar todas as variáveis, mas a segurança transmitida nos permite ultrapassar as intercorrências.

Aqui na Nobel, trabalhamos incansavelmente para honrar a sua confiança. Estamos disponíveis para explorar ainda mais estes e outros conceitos. Fale com a Nobel Capital, será um prazer conversarmos.

Tenho 28 anos de carreira, com passagens por grandes bancos do mercado, como CCF, HSBC, Merril Lynch, UBS e Safra. Tem experiência em Gestão de Operações, Valores Imobiliários, Gestão de Ativos e Fundo de Fundos. É planejadora financeira com certificação internacional CFP®, aderindo assim ao código de ética e conduta da profissão com padrão internacional. Em 2022, conquistou o exclusivo selo de Assessoria Private Wealth Planning pela XP Investimentos.

Roberta Figueira

Roberta Figueira Figueira

Roberta Figueira Figueira

Compartilhe nas mídias:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Comente o que achou:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

WhatsApp RA(CTA)